Resenha: As vantagens de ser invisível

Livro: As vantagens de ser invisível Autor: Stephen Chbosky Editora: Rocco. Páginas: 224 ISBN: 9788.5325.22337 Imagem: Saraiva ...



Livro: As vantagens de ser invisível
Autor: Stephen Chbosky
Editora: Rocco.
Páginas: 224
ISBN: 9788.5325.22337






Imagem: Saraiva

Quando disse a minha irmã que faria uma resenha deste livro, ela me disse “muito cuidado ao falar do Charlie”. Então tomara que eu tenha conseguido.
Em As vantagens de ser invisível somos apresentados a Charlie, um adolescente de quinze anos que acaba de entrar no ensino médio. Ele se esforça para se encaixar no mundo, ou como mesmo diz “participar”. Tendo que lidar com as dificuldades do universo escolar, dramas familiares e a descoberta do primeiro amor, Charlie não é um jovem convencional, já que em meio a tudo isso ele enfrenta a morte da tia e o recente suicídio de seu melhor amigo. Embora sua vida seja marcada por traumas, ainda assim ele quer escrever a sua história, e quando conhece Sam e Patrick, dois irmãos que tem um modo peculiar de viver a vida juntamente com seu grupo de amigos, composto por pessoas tão diferentes quanto ele, Charlie tem a chance de viver experiências únicas e enfrentar situações que o ensinam sobre o valor da amizade e que o devolvem a alegria. 
Há no livro uma amizade que vale a pena ser citada. Que é a amizade de Charlie com seu professor Bill. Ele indica a Charlie livros, e pede a ele que faça resenhas sobre eles, e realmente acredita no potencial dele. E bem, é tão bom quando alguém acredita em nós, muitas vezes é só o que precisamos. 
O livro é narrado através de cartas escritas por Charlie e é assim que de fato nos aproximamos do personagem. Endereçadas a um desconhecido, ele descreve seus dias, compartilha suas angústias e alegrias, pensamentos e ações. Oscilando entre a apatia e a animação. Entre o desejo de descobrir mais da vida e ao mesmo tempo fugir dela. É através do que ele conta nas correspondências que percebemos o quanto Charlie é adorável, altruísta e cativante. Sua complexidade é genuína, pois podemos ver sua inocência ao enxergar o mundo com olhos virgens. São narrativas íntimas, que encantam pela maneira profunda e poética como ele descreve a si próprio. Algumas são tristes e outras divertidas, o que desperta a sensibilidade.
Stephen Chbosky aborda temas polêmicos neste livro, como drogas, bebidas e homossexualidade. Onde cada personagem lida com seus desafios de forma surpreendente. 
A magia do livro está na maneira como o autor costura a história. De forma dinâmica e envolvente, ele constrói um personagem singular que está em processo de descoberta de si mesmo, alternando entre ator principal e ao mesmo tempo como expectador de sua própria vida. Uma história intensa e arrebatadora que nos faz refletir, e que nos contempla com belas lições de superação, amor e amizade, nos mostrando a infinidade de cada momento.
Com uma linguagem simples, mas carregada de significados, as vantagens de ser invisível me fez rir e chorar, e me emocionou do início ao fim. Sensível e inspirador, o livro nos ensina que mesmo com os golpes duros da vida, podemos reescrever nossa história, e que somos responsáveis pela nossa felicidade. Afinal, “a gente aceita o amor que acha que merece”.

Postado por:

You Might Also Like

4 Comentários

  1. Realmente este livro e lindo eu adoro o jeitinho que este altor escreve e brinca com os personagens!
    Migaa fica com deus ta um beijo da Juh Margarida!
    juizo no corpo e na alma! A nao se esqueça de vim me ver ok:
    www.politicamenteincorreta.com

    ResponderExcluir
  2. Tem um filme com esse título...acho que já vi.rs

    Bjim ...
    blog Usei Hoje

    ResponderExcluir
  3. adorei a dica concerteza vou ler : )
    já estou te seguindo, eu também tenho um blog se quiser conhecer, bjs
    lanibelezafeminina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu já li, mas não gostei do livro. Agora quero assistir ao filme. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir