Resenha: O Projeto Rosie

Sem dúvida nosso gosto em comum por livros, textos e afins nos aproximou. A convite então da Ana Flávia Medeiros, a quem sou grata por co...

Sem dúvida nosso gosto em comum por livros, textos e afins nos aproximou.
A convite então da Ana Flávia Medeiros, a quem sou grata por confiar em mim, venho falar de um dos meus livros preferidos, O Projeto Rosie, de Graeme Simson.



O Projeto Rosie

Ano: 2013

Editora: Record

ISBN: 9788501402219




Aos trinta e nove anos, Don Tillman é um professor de genética inteligente, bonito e musculoso e que nunca teve uma namorada. Tem uma rotina toda articulada, um esquema onde cronometra todos os dias da semana, levando em consideração cada hora, minutos e segundos do dia para realizar suas tarefas, para realizar suas atividades físicas, para realizar atividades domésticas, e tem um roteiro de refeições. Don é metódico, consegue ser irritante de tão organizado, não é nada sociável. Ele não é nem de longe o tipo de personagem ao qual estamos acostumados, uma vez que suas “manias” por assim dizer, nos fazem perceber que ele sofre de TOC. Ele é controlador e preso a realizar com perfeição qualquer coisa nos mínimos detalhes, também sofre a Síndrome de Aspenger (uma síndrome que cria dificuldades no indivíduo em se socializar e se expressar). Por não ser muito sociável não tem muitos amigos, apenas Gene, seu amigo de trabalho, e a esposa dele Cláudia, que é também sua psicóloga. Ele resolve então procurar uma esposa, uma mulher que se encaixe nos pré-requisitos para ele indispensáveis. Assim surge o Projeto Esposa, onde através de um questionário elaborado por ele, que as candidatas deverão preencher ele irá selecionar as inscritas e enfim encontrar a esposa perfeita.
Porém quando Rosie entra em seu escritório pedindo ajuda para um teste de DNA, tudo muda. Don, para ajudá-la, desenvolve o Projeto Pai e os dois se envolvem nas mais inusitadas e divertidas tentativas para descobrir quem é o pai dela. Rosie tem um perfil que é totalmente o oposto de Don (fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora certa). No entanto ele acaba indo contra todas as suas suposições (afinal de contas ela é a mulher mais imperfeita que ele já conheceu) se interessando pela garota. Aos poucos ele vai se permitindo viver novas experiências com aquela garçonete espirituosa e imprevisível, estar na companhia de Rosie faz com que Don repense sua vida e a veja por um outro ângulo.
É uma adorável comédia romântica, com humor, ação e sensibilidade. Uma leitura que prende do início ao fim. Simplesmente contagiante.
Dei boas gargalhadas com o jeito atrapalhado de Don e com o jeito extrovertido e leviano de Rosie. O livro nos mostra que ninguém é perfeito e que nada na vida é previsível; e que as melhores coisas que nos acontecem não cabem a nós programar a forma que irão acontecer, em especial o amor.
Por tudo isso recomendo este romance, é divertido, com personagens engraçados e contém belas lições. O autor, de maneira dinâmica e engraçada, nos conduz a uma reflexão da vida e do que esperarmos dela. Vale a pena.



Postado por:

You Might Also Like

0 Comentários